fundo parallax

Banco do Povo de Goiás

14 de junho de 2018
Resultados 2017
15 de junho de 2018

INSPIRAÇÃO

Criar um banco para emprestar dinheiro aos pobres. Foi colocando essa ideia em prática que Muhammad Yumus fundou o Banco Grameen, em Bangladesh, destinado a oferecer um amplo serviço de microcrédito para a população carente de seu país. O sucesso foi tão grande que logo se expandiu para o mundo inteiro, mostrando-se não só uma operação viável do ponto de vista financeiro como um forte aliado no combate à pobreza.


MOTIVAÇÃO

O Banco do Povo nasceu Inspirado na visão de Muhammad Yumus, conhecido como o banqueiro dos pobres, de natureza estritamente social, o Banco do Povo tem como missão a geração de emprego e renda, iniciou suas atividades no Estado de Goiás em 30 de março de 1999. Nesses anos de funcionamento perseguiu a missão de promover o resgate da cidadania das pessoas carentes, incentivando o aprimoramento de suas habilidades. Com recursos financeiros do tesouro estadual, encontrou terreno fértil graças à dedicação e criatividade dos empreendedores goianos. Por todo o Estado são milhares de casos de empreendimentos que começaram com recursos mínimos, se consolidaram e transformaram o programa em referência de sucesso para o Brasil. Além de levar crédito e esperança, o Banco do Povo gera empregos e dinamiza a economia goiana, com influência substancial em diversos municípios.


http://www.bancodopovo.go.gov.br/

http://www.bancodopovo.go.gov.br/

OBJETIVOS

Oferecer crédito à pessoas arrojadas que queiram produzir e crescer através do seu trabalho e experiência e com isso aumentar sua renda familiar.

Criar empreendimentos que gerem emprego e renda e promovam o desenvolvimento do município.

Oferecer acompanhamento pós-crédito utilizando as ferramentas de diagnóstico, consultoria e treinamento, promovendo assim, o desenvolvimento gerencial e administrativo dos empreendedores.

Promover a independência financeira do cidadão resgatando seus direitos de auto-sustentação e de desenvolvimento profissional.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *